Close

22 de junho de 2021

Quer saber como usar o e-mail marketing no varejo sem se tornar spam?

Spam? Isso pode virar uma dor de cabeça para o seu negócio!

Foi-se o tempo que e-mail marketing consistia em enviar uma série de mensagens cheias de ofertas para o maior número de pessoas possíveis. Hoje envolve conhecer seu público e enviar mensagens que sejam interessantes. Se sua mensagem não for interessante, ela será spam. E isso deve ser evitado a todo custo!

O que é e-mail marketing?

E-mail marketing é uma ferramenta de marketing direto, que consiste em enviar mensagens para o cliente

Seu objetivo? Criar e manter um relacionamento com seu cliente, para aumentar as vendas, a retenção de clientes e agregar valor a sua marca. 

O e-mail marketing é importante porque é mais fácil vender para clientes antigos que conquistar novos. Por isso, esse trabalho de criar vínculos é importante. O maior bem de sua empresa são os seus clientes, nunca se esqueça disso.

Por que evitar o spam?

O Spam é o e-mail indesejado, que é enviado sem o consentimento do usuário

Muitas vezes são propagandas de bens e serviços, enviadas por um remetente não claro. Algumas dessas mensagens contém malwares e até mesmo golpes.

Por serem mensagens de caráter duvidoso, elas mancham a imagem das empresas que as enviam. Empresas de qualquer segmento precisam, seja varejo ou outro, precisam evitar essa prática, intencional ou não. Ser enviado para a caixa de spam é uma derrota, se você quer fazer um trabalho sério de e-mail marketing.

Isso é mais do que uma questão apenas moral. Muitos servidores de e-mail acabam localizando o IP e colocando-o em uma lista negra. A partir daí, praticamente todas suas mensagens serão enviadas para a caixa de spam. E quando você entra nessa lista negra, é difícil sair.

Qual a diferença entre e-mail marketing e spam?

A principal diferença entre o e-mail marketing é o consentimento do usuário

Ele assinalou, em algum lugar, que quer receber o e-mail marketing. O spam só chegou para ele, de maneira não muito clara.

Para ser considerado e-mail marketing, o ato de aceitação precisa ser claro. O usuário precisa preencher um formulário, enviar um e-mail ou outra tarefa. Ele conscientemente decidiu que quer receber seu material, que é algo positivo. Claro que isso pode mudar com o tempo, mas a entrada em suas listas precisa ser clara. O nome dessa aceitação é “opt-in”.

E se a entrada é facilitada, a saída também precisa ser. Todos seus e-mails precisam ter, de maneira clara, a opção para o usuário se desinscrever. Um e-mail marketing correto precisa ser tanto a porta de entrada quanto a de saída bem claras.

Dicas para não virar fazer spam

Veja aqui algumas das principais dicas para não fazer spam, e portanto não ser punido.

1- Não compre lista de e-mails

Comprar lista de e-mails é uma prática dos primórdios da internet. Quando o próprio conceito de e-mail marketing ainda engatinhava, era comum comprar listas com o endereço de pessoas aleatórias. 

Isso é uma prática completamente equivocada. Fazer isso é pedir para cair na caixa de spam.

2- Higienize seus e-mails

Com o tempo, suas listas de e-mails vão ficar sujas. Endereços mudam, pessoas trocam de empresas. A tendência é que, conforme o tempo passar, mais e mais endereços vão ficar desatualizados. 

Por isso é importante higienizar suas listas de contatos. Verifique quais são os contatos que não recebem mais suas mensagens, ou mesmo que não abrem seus e-mails depois de algum tempo. Esses devem ser excluídos, para que você não fique com uma imagem negativa com os servidores.

3- Utilize templates

Muitos servidores possuem bloqueios para e-mails que consistem em apenas imagens. Para evitar isso, use templates. Criados principalmente usando apenas HTML, eles dão uma estrutura para seu e-mail, com uma boa distribuição de texto e imagens.

O uso incorreto de e-mail marketing pode ser extremamente prejudicial para sua empresa. Ser marcado pelos servidores como alguém que envia spam pode ter sérias consequências a longo prazo. Portanto siga as instruções de boas práticas e sempre seja cuidadoso. O objetivo das mensagens deve ser sempre enviar um material rico, e nunca apenas divulgar ofertas.